Conferência de Saúde: Estudantes de Enfermagem participam de etapa municipal em Aracruz

Foto: Divulgação

Os alunos do 1º Ciclo/Módulo I (antigo 1º período) de Enfermagem da FAACZ e o coordenador do curso, professor João Carlos Arivabene, participaram da 11ª Conferência Municipal de Saúde, que teve como tema “Direito à saúde como direito à cidadania”. A conferência aconteceu no auditório do Serviço Social do Comércio (SESC) de Aracruz e foi realizado pela Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Aracruz.

 

O encontro faz parte da 16ª Conferência Nacional de Saúde, etapa municipal, organizado pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS). Palestrante da noite, a conferencista Dr.ª Maria Glória Matra Silva, promotora criminal de Justiça especializada na Saúde do Ministério Público do Maranhão, abordou os temas: Saúde como direito, Consolidação dos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS) e Financiamento do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Durante a sua fala a conferencista enfatizou a importância da participação da população – profissionais da Saúde e usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) – nas discussões sobre o aperfeiçoamento do SUS e a responsabilidade da Gestão Pública no processo da Saúde Pública no país.

 

“A participação dos estudantes de Enfermagem nessa etapa municipal se caracterizou como uma atividade que favoreceu a aquisição de conhecimentos teóricos/práticos, onde os acadêmicos puderam entender a logística e o papel das conferências de saúde na vida da população, dos gestores, dos usuários e dos profissionais perante as mudanças necessárias às Políticas Públicas de Saúde no município, no estado e no país”, ponderou o coordenador do curso de Enfermagem da FAACZ, prof. João Carlos.

 

Ainda segundo Arivabene: “Para o curso de Enfermagem da FAACZ e para os seus alunos estar na etapa municipal da Conferência de Saúde foi uma oportunidade que veio de encontro as diretrizes da disciplina de Projeto Integrador I e teve como objetivo proporcionar aos acadêmicos um contato antecipado com as questões envolventes às Políticas Públicas brasileiras”.

 

Para a universitária Cínthia Lozer Medeiros, “a conferência de saúde possibilitou conhecer os mecanismos usados pelas entidades representativas no desfecho das discussões feitas no município de Aracruz, que agora vão para o debate nas etapas estadual e federal. Todas as informações construídas na etapa municipal são de grande relevância para os profissionais, usuários e gestores, pois orientam como devem proceder na organização do SUS em todas as esferas”.

 

Cínthia relatou ainda que, por meio do ensino em sala e a observação de como ocorre o processo garante um melhor aprendizado para o acadêmico do curso de Enfermagem da FAACZ.

 

Texto: Alessandro Bitti
E-mail: comunicacao@fsjb.edu.br
alessandro@fsjb.edu.br

 

 

Você pode gostar...

Tamanho da fonte
Contraste

Nos dias 14 e 15 de outubro (segunda e terça-feira),
não haverá expediente na instituição.

Holler Box