Curso de Arquitetura e Urbanismo da FAACZ conta trajetória do Hospital e Maternidade São Camilo

 

Com o tema “50 anos Hospital e Maternidade São Camilo: passado, presente e futuro”, o curso de Arquitetura e Urbanismo da FAACZ contou a trajetória do Hospital e Maternidade São Camilo (HMSC), através da organização de uma exposição que reuniu em painéis alguns fatos históricos, desde a sua fundação em 1967 até 2017, com projeção sobre o futuro da instituição hospitalar. Os painéis ficaram em exibição na “Exposição Histórica do Hospital São Camilo – 50 anos”, promovida pela Associação Vidas de Aracruz, durante a terceira edição da ExpoAgro Vidas 2017, que aconteceu no Parque de Exposições Rubens Pimentel, entre os dias 03 e 06 de agosto.

 

O trabalho foi uma parceria entre a FAACZ e a Associação Vidas, orientado pela prof.ª Ivana Souza Marques, coordenadora do curso de Arquitetura e Urbanismo, e pelo prof. Gilton Luís Ferreira. Quem passou pelo estande do hospital pôde conferir ainda objetos e utensílios de uso pessoal de Monsenhor Guilherme Schmitz, fundador da entidade e também da Fundação São João Batista (FSJB), mantenedora da FAACZ (Faculdades Integradas de Aracruz) e do CEA (Centro Educacional de Aracruz).

 

Em homenagem a Associação Vidas, os professores e estudantes da faculdade criaram uma árvore, símbolo da associação, para que ao final da visita adultos e crianças pudessem deixar pendurado em seus “galhos” ideias que podem fazer parte do futuro de Aracruz e do Hospital e Maternidade São Camilo. Estudantes do curso de Pedagogia da FAACZ também participaram da atividade como monitores.

 

A partir do mês de setembro, a exposição “50 anos Hospital e Maternidade São Camilo: passado, presente e futuro” vai percorrer alguns espaços do município de Aracruz, incluindo escolas da rede municipal de ensino, marcando o início de uma nova parceria entre a FAACZ e a Secretaria de Educação, da Prefeitura de Aracruz.

 

O estudante do 1º Ciclo, Módulo III, do curso de Pedagogia da FAACZ, Jhonathan Justino Ravani, participou da ExpoAgro Vidas como voluntário e falou da importância do resgate histórico do HMSC. “É fundamental para as novas gerações conhecerem fatos históricos e culturais que fazem parte de nosso município, como o surgimento do hospital na década de 60. Não posso deixar de ressaltar a importância de ações solidárias para o crescimento de Aracruz e de seus cidadãos. Colaborar com essa iniciativa é gratificante e tem trago grandes resultados para a sociedade”, afirmou.

 

Para Amanda Cusini dos Passos, estudante do 8º período de Arquitetura e Urbanismo, foi uma experiência incrível participar da exposição sobre o Hospital São Camilo. “Mostrar desde o início, as pessoas que colaboraram com o HMSC e o fizeram crescer, suas dificuldades ao longo da história, e que perduram até hoje, e poder esperar um hospital melhor motivando as pessoas a também fazerem a sua parte, juntamente com a Associação Vidas, foi gratificante. Além disso, pude conhecer a trajetória inspiradora de Monsenhor, tudo que ele fez pelas pessoas, e também pela cidade de Aracruz, para que se tornasse o que é hoje. Foi uma grande satisfação participar e tenho certeza que todo o grupo envolvido ficou muito feliz com o resultado”.

 

Segundo Janya Demoner Gasperazzo, também aluna do 8º período de Arquitetura e Urbanismo, ser voluntária na exposição dos 50 anos do HMSC foi um grande aprendizado. “Apesar de morar em Aracruz a pouco mais de dois anos e meio, não tinha conhecimento de toda história do hospital. História essa que merece ser divulgada para que as pessoas possam se espelhar em Monsenhor Guilherme, que com toda sua simplicidade juntamente com a população local, pôde fazer tanto pelo hospital”.

 

Voluntária da Associação Vidas, Ana Claudia Sarmengue Devens, falou sobre o objetivo da exposição de 50 anos do hospital e sobre o convite feito ao curso de Arquitetura e Urbanismo da FAACZ. “Divulgar, valorizar e reconhecer a importância do hospital para nossa comunidade e municípios vizinhos, resgatando acontecimentos foram os objetivos da “Exposição Histórica do Hospital São Camilo – 50 anos”. Hoje, a Associação Vidas está resgatando valores ensinados pelo saudoso, Monsenhor Guilherme Schmitz, como: solidariedade, amor ao próximo e gratidão a Deus”.

 

E, completou Ana Claudia: “É importante destacar a imensa dedicação com que os universitários da FAACZ aceitaram o desafio, demonstrando muita competência e garra para expor um pouco da história do hospital e o crescimento econômico da nossa cidade. Hoje, estamos certos de que a parceria com a faculdade trouxe excelentes resultados, não só para essa exposição como também para os alunos participantes, que muito cresceram como cidadãos. Nossa gratidão ao grupo”.

 

Texto: Alessandro Bitti
E-mail: comunicacao@fsjb.edu.br
alessandro@fsjb.edu.br

 

 

Você pode gostar...

Tamanho da fonte
Contraste

Holler Box