Palestras, painéis e noite cultural marcam a Semana Científico do Direito na FAACZ

Foto: Ariel Cerri

 

Entre os dias 13 e 16 de agosto profissionais da área jurídica, advogados, docentes e estudantes universitários dos diversos cursos de graduação das Faculdades Integradas de Aracruz (FAACZ) e de outras instituições de ensino participaram de palestras, painéis e noite cultural da Semana Científica promovida pelo curso de Direito da FAACZ em comemoração ao Dia do Advogado, celebrado em 11 de agosto. Também participaram do evento a presidente da Fundação São João Batista, Celi Cabral e a diretora acadêmica da faculdade, prof.ª Adriana Recla Sarcinelli.

 

“Serviços Notariais e Registrais” foi o tema da palestra de encerramento da Semana Científica. Na ocasião, a especialista em Direito Notarial e Registral e tabeliã de Notas e oficial do Registro Civil das pessoas naturais de Serra/ES, Marisa de Deus Amado explicou que: “Estamos entrando em uma época que nem todos os casos serão levados ao judiciário. Para falar de desjudicialização é importante dizer o que são os cartórios extrajudiciais. Os serviços notariais e de registro são exercidos em caráter privado, por delegação de poder público, conforme a Constituição Federal de 1988”.

 

E, continuou Marisa: “Não somos concessionários e nem permissionários, somos delegatários. Para alguém ser titular de cartório precisa, obrigatoriamente, passar por um concurso público de provas e títulos. Cartório é sinônimo de segurança jurídica. O sistema registral brasileiro é exemplo para muitos países”, afirmou a especialista que falou também sobre a diferença entre tabeliães ou notários; oficiais ou registadores, bem como a competência desses profissionais.

 

Na última quarta-feira (15), os estudantes e egressos do curso de Direito da FAACZ mostraram os seus dons musicais com a apresentação da Banda Vademecum, que faz parte do Projeto “Música: Qual é a sua?”, cantando sucessos da Música Popular Brasileira que marcaram gerações. Os participantes também aproveitaram a noite cultural para adquirirem exemplares dos livros que estavam sendo lançados durante a Semana Científica:  “Ações Coletivas e Casos Repetitivos” de autoria do prof. Me. Gustavo Silva Alves e “O modelo Brasileiro de Processo Coletivo”, de autoria da prof.ª Me. Juliana Provedel Cardoso.

 

Durante o painel de debates realizado, no último dia 14, os participantes puderam conversar com a mestre em Psicologia Clínica prof.ª Daniella de Souza Figueiredo sobre “Direito e Gênero” e com a gerente de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Secretaria de Estado de Direitos Humanos Neiriele Marques da Silva sobre “Direito e Igualdade Racial”.

 

Na ocasião, a estudante do 6º período de Direito da FAACZ Marcela Pandolfi, que é deficiente visual, contou sua história de vida, como foi que perdeu a visão e as dificuldades e alegrias que encontra no dia a dia. Nos quatro dias de evento, Marcela promoveu a venda do livro “Minha Vida com Boris”, para arrecadar recursos que serão destinados a ajudar organizações brasileiras que atuam com a causa do cão-guia.

 

O doutor e mestre em Direito, prof. Tiago Fabres de Carvalho, foi o responsável pela palestra de abertura da Semana Científica, no dia 13, que teve como tema central a “Declaração Internacional dos Direitos Humanos”. O coordenador do curso de Direito da FAACZ, prof. Wagner Carmo, fez a abertura oficial de cada dia da Semana Científica do Direito fazendo uma reflexão sobre os temas principais que seriam abordados pelos palestrantes e debatedores.

 

Texto: Alessandro Bitti
E-mail: comunicacao@fsjb.edu.br
alessandro@fsjb.edu.br

 

 

Você pode gostar...

Tamanho da fonte
Contraste

Holler Box