Projeto do curso de Enfermagem continua beneficiando crianças e jovens no bairro Morobá

Foto: Divulgação

 

As crianças e jovens atendidas pelo Projeto “Minha Chance” do bairro Morobá em Aracruz estão tendo uma ajuda adicional com a execução de ações do projeto social “Intervenção e Prevenção a Saúde” desenvolvido pelos estudantes do curso de Enfermagem da FAACZ, que abordam diversos temas educacionais, sociais, culturais e ambientais durante os encontros que acontecem quinzenalmente, todas as quartas-feiras.

 

Durante o segundo semestre de 2018, os universitários realizaram palestras, oficinas e outras atividades, envolvendo temas como: a importância das lavagens das mãos, alimentação saudável, verminoses, papel cidadão, mudanças e percursos na adolescência. Além disso, realizaram trabalhos lúdicos e artesanais como confecção de chaveiros, pinturas no rosto, dobraduras, caça-palavras, vídeos e outros.

 

Todas as atividades propostas e realizadas, tiveram como objetivo, proporcionar as crianças e adolescentes assistidos, melhoria da perspectiva de vida no processo de crescimento e desenvolvimento desses indivíduos atendidos pelo projeto “Minha Chance”, que é coordenado por Terezinha Moro Devens e Maria Rosa Aparecida de Souza.

 

Ao todo foram entregues ao “Minha Chance” 216 litros de leite, 141 litros de sucos,14kg de Nescau, que foram doados por estudantes e professores dos diversos cursos de graduação da FAACZ, bem como por funcionários da Fundação São João Batista, mantenedora da faculdade. A ação solidária foi realizada pelos alunos do curso de Enfermagem.

 

“Foi muito lindo ver o envolvimento de todos os alunos da FAACZ em ajudar o projeto “Minha Chance”. Sem sombra de dúvida, essa foi uma experiência ímpar para nós estudantes do curso de Enfermagem. Foram muitos os aprendizados adquiridos e conhecimentos transmitidos. Com certeza, fizemos a diferença para as crianças do projeto”, destacou a estudante de Enfermagem, Eliane Moreira Sigesmundo.

 

Segundo a prof.ª Helania Mara Grippa Rui, o projeto de Intervenção e Prevenção a Saúde” foi além da sala de aula e possibilitou novos conhecimentos, práticas e vivências para os estudantes de Enfermagem, também possibilitou que estes fizessem uma maior reflexão sobre a utilidade e alcance de sua prática profissional no contexto social e de prevenção a saúde.

 

“Realmente foi um projeto que fez a diferença para todos os envolvidos. Quero aproveitar e agradecer a todos que acreditaram em nosso projeto, o abraçaram com compromisso, dedicação, empenho e deram o seu melhor. Obrigada”, salientou Grippa.

 

Para o coordenador do curso de Enfermagem, prof. João Carlos Arivabene, os cuidados em saúde formam um dos pilares fundamentais do ser humano, pois proporcionam o contato dos indivíduos à família e da comunidade com o sistema público de saúde. A promoção e proteção da saúde, a prevenção e prestação de cuidados com as crianças e adolescentes atendidas pelo projeto “Minha Chance”, fazem com que esses cuidados se revistam como elemento chave na obtenção da saúde para todos, dando-lhes um futuro mais digno. Essa é a nossa intenção com o projeto “Intervenção e Prevenção a Saúde”.

 

E, concluiu dizendo o coordenador do curso de Enfermagem: “Desta forma, foi fundamental que os acadêmicos de enfermagem e a professora Helania identificassem os problemas, bem como as necessidades de saúde dos cidadãos atendidos pelo “Minha Chance”, para que as abordagens e atividades propostas fossem adequadas. Foi necessário planejar, trabalhar em parcerias face às necessidades percebidas, onde o foco era alcançar uma melhoria no estado de saúde geral dessa comunidade, visando ainda o seu crescimento enquanto cidadão”.

 

Texto: Alessandro Bitti
E-mail: comunicacao@fsjb.edu.br
alessandro@fsjb.edu.br

 

 

Você pode gostar...